12.7.05

adaptação

Hoje a propósito deste texto, escrito por uma amiga, lembrei-me dos primeiros dias pós-licença de parto. Comecei a adaptação uns dias (semana) antes de começar a trabalhar. Por muito que na altura fosse estranho ele ia para a creche e eu ia para casa, para a rua, para a garagem, para o café, para as compra, para a ginástica, enfim, eu ia à minha vida! "Olha a galdéira" estarão a pensar alguns, pois pensem. Chamámos-lhe "período de adaptação". A mim fez-me bem e a ele também. Os horários curtos foram esticando e o que parecia complicado foi-se tornando rotina. Lá nos fomos adaptando!
Hoje, tal como nos início, nunca telefono para a creche, a não ser que esteja doente e seja preciso um acompanhamento maior. Trabalho com a foto dele em "pano de fundo", escrevo diariamente neste blog, falo sobre ele todos os dias, penso nele em diferentes circunstâncias e sempre com este sentimento de segurança e é muito bom.

Sem comentários:

Blog Archive