2.4.07

“eu aperto!”

Apesar de ser ainda um irmão recente tem-se revelado carinhoso, prestável e paciente. De tudo o que parece custar-lhe mais é vê-lo mamar. É evidente a sua percepção da intimidade do momento e por duas vezes já deitou o barro à parede mas sem grande insistência percebendo sozinho que para si é algo que não faz sentido. Para fazer parte do momento encontrou uma função muito especial: “eu é que aperto a maminha para sair o leitinho do mano”

ao telefone:
avó, nós hoje vamos almoçar aí à tua casa. Vou eu, o pai e a mãe!
(e o J.?)
não, avó, esse almoça nas maminhas da mãe!!

##

mãe, guarda lá as maminhas e vem brincar

5 comentários:

Ana Sousa disse...

Ehehehe, granda pinta!! "Almoça nas maminhas da mãe!" Toma!

Costinhas disse...

lolol

Demais!

Bluejustin disse...

O meu tb implica com a hora de mamar, já cheguei a tê-la a mamar de um lado e tê-lo a ele no outro lado sentado a modos que ao meu colo.Uns dias piora, outros melhora.Faz parte.

Eu acho que quando os mais novos se sentarem a "coisa" melhora.

Claudia_peixinha disse...

Hahahah!
Almoça nas maminhas da mãe!


As crianças são um espectáculo.Beijos para toda a familia.

Zuza disse...

LOL

demais!!

Blog Archive