27.6.07

enquanto sim e não e porque o bebé está a dormir e não o quero acordar para ir às compras fico-me por aqui a passear os dedos no teclado

Descolou-se do Noddy e até mesmo do Bob O Construtor. Isso quer dizer que está a crescer. Continua a gostar de ser o senhor-que-arranja-coisas e a fazer birras que ninguém sabe como começam e quantas vezes pior ninguém sabe como ou quando acabam. Isto faz-me lembrar que ontem não fez nenhuma birra e isso só pode querer dizer que cresceu. Mesmo assim as calças do ano passado servem-lhe ainda neste. Descobri-o esta semana quando andei a escolher roupa para o mais novo. Adoro vê-lo nas roupas que já foram do irmão. Algumas já deram muitas cambalhotas na tomba da máquina. Delicia-se de forma exactamente igual com os "tolos" que ficam por cima do berço onde já dorme e brinca durante o dia.

Gosta de ver "bonecos desanimados". Gosta de uma variedade deles e principalmente gosta de os variar. Vão se afastando os tempos do repete-repete-repete. Será que os mais novos vivem os mesmos ciclos que os mais velhos. Brinca sozinho ou melhor e mais verdadeiro: vai brincando sozinho. Com carrinhos e cavalinhos fantasia brincadeiras. É mecânico e senhor das pizas. É pai e mãe a deixar os filhos na escolinha. Às vezes até deixa o carro mal estacionado. Está a ver, estás a ver... estas rodas estão aqui mal estacionadas! Faz todas as perguntas sobre a condução dos carros e sabe bem as diferenças entre o do pai, automático, e o da mãe que tem travão de mão porque não é moderno como o do pai. É preguiçoso e inventa tudo para não andar a pé!

É um irmão atento e fantástico. Óoo mãe o J está a chorar. Já não são os de fora que me dão palpites sobre o porquê desse choro. É ele. Dá-lhe maminha. Troca a fralda. Òoo mãe traz o óleo das amêndoas. Olha aqui, olha aqui. Uma crosta láctea que tal como acometeu com ele teima em não sair da cabeça do bebé que ri com a boca toda e se vira para todos os movimentos do irmão. Beijos e lambidelas. Dedos espetados na boca alheia. Ser irmão tem sido para ele uma descoberta fantástica apesar de nem sempre ser fácil. Não vais nada dar maminha ao J. vais brincar comigo. Não vês que ele não está a chorar!!! Porque toda a medalha tem um reverso.

Anda de bicicleta e trotineta e com o carrinho que ganhou aos dois anos e que só agora consegue dominar. Os brinquedos que mudam de sitio parecem agora novos. O berbequim que tira parafusos mesmo os que não existem. As rodas que saltam e nunca mais encaixam. Não foi porque eu me sentei assim em cima dele, pois não?! A realidade que deposita nalgumas brincadeiras imaginárias é surpreendente.

O que é que a senhora quer?
um café!
não, a senhora quer uma meia de leite
está bem uma meia de leite!
e um pão com coisinhas
sim, um pão com sementes
está aqui a meia de leite
então e o pão
não posso trazer tudo se não deixo cair!


Deixa-se cair na cama mais facilmente sem sesta do que com ela. Os meus filhos dormem pouco. Não dormem mal e nem fazem fita para se deitarem. Os meus filhos apenas dormem pouco. O que para nós pais pode ser desesperante. Diz o povo que quem muito dorme pouco aprende e agarro-me ao provérbio para sobreviver. Temos génios cá em casa é garantido! Ontem pela primeira vez a exeperiência de dormirem no mesmo quarto. Parece-me que se sentiu mais confortável com a companhia do irmão e nem memo o balbuciar lindo do bebé lhe atrasou o adormecer. Ai o balbuciar do bebé. Pode ficar horas naquilo e nós a ouvir. Não precisa de resposta mas prefere-a claramente. Não precisa de muito colo e cada vez mais eu lho quero dar. Vai ser sempre assim, não é?

4 comentários:

AnaBond disse...

era bom, não era?

é tão bom....

Costinhas disse...

Mais coisa, menos coisa, o essencial nunca muda :)

beijinhos

Zuza disse...

não são os mesmos ciclos. aqui pelo menos não foram. MUITA coisa foi saltada!!! Porque tu tens menos tempo, porque eles aprendem logo tudo com os irmãos. Chega a ser assustadora a forma como parece que tenho duas filhas da mesma idade.

desculpa lá a franqueza LOL

Rita disse...

texto fabuloso

Blog Archive