25.11.08

ao meu filho mais novo

Leio texto antigos aqui do blog e penso e constacto que o mais velho está todo aqui. Todos os seus dias estão aqui. Revejo momentos, histórias e acontecimentos. Há coisas que são banais, demasiado banais. São, precisamente, essas coisas que de uma forma muito natural fui omitindo no mais novo. Não por esquecimento nem por não as valorizar são simplesmente coisas banais que ficaram naturalmente de fora! Meu filho mais novo, se um dia chegares aqui e fizeres esta comparação lembra-te disto. É um processo muito natural de selecção do essencial!

5 comentários:

Eu disse...

subscrevo! É mesmo assim.

Zuza disse...

:))

flores disse...

Pobrecitos. :)

Terra Mãe disse...

Já somos duas!

Eva Lima disse...

... e ao 5º nem queiras saber!!!

Blog Archive