2.12.08

1 Dezembro

Há mais de uma semana que o mais velho andava a pedir para se fazer a árvore de Natal. Fizemos, ontem! Estava com medo porque é o primeiro Natal “andante” do mais novo. Gostou da árvore e admirou-se com as luzes mas nem tentou tocar-lhe. Ao longe de dedo espetado: Pai, pai... Natal! O meu medo era que não resistisse ás bolas o que aconteceu com o irmão na mesma idade. Com a árvore monta-se o presépio. O natal é presépio. Aqui abusei claramente da sorte. Um presépio de loiça colorido e á mão. Só podia dar no que deu. Um burro sem orelha e um anjo sem cabeça. Já o mudámos de sitio.

Mas valeu pela imagem de o ver cantarolar “é Natal, é Natal...” enquanto brincava com as figuras!

3 comentários:

Mãe da malta disse...

Maravilhas da maternidade :)

Paula disse...

Natal... por aqui nem nos lembramos...deve ser do calor!

Maria Joao disse...

Pois, porque eles acham que o presépio são figurinhas como se fossem legos ou parecido!! (lá em casa é a mesma coisa - hoje quis levar o menino Jesus à escola, porque a "Bia vai fazer de mãe de Jesus". :-)

Blog Archive