19.5.06

Birras (ainda e sempre)

continuam e até acho que poderão ser sintomáticas de alguma "ausência" nossa. Seja qual for a justificação para elas a mim causam-me bastante sofrimento. Custa-me a forma como elas me colocam no meu limite. A forma como me fazer perder a ponderação. Custa-me, mais ainda, que por isso mesmo elas piorem e tudo se transforme numa enorme bola de neve.

7 comentários:

sm disse...

Olá! Podia estar aqui horas a falar-te de birras e de como percebo tão bem do que falas, mas é melhor não ;-)).

TENTA (eu sei que é difícil, se eu conseguisse...) não lhe ligar ou tentar contrariá-las pela positiva, distracção, mimo, sei lá!! É melhor não dar palpites, porque em relação à beca fui uma autentica nulidade, apesar de ter tentado DE TUDO... agora, com o beco, temos tentado esta vertente e tem dados alguns resultados.

Desculpa o testamento!!

:-)
Sandra

Carla Dantas disse...

Vais ver que é só uma fase... E de certeza que não são por causa da "ausência", porque então, havia por aqui muita birra!!!

scaf disse...

:) toma lá um beijinho

Vera disse...

O Birrinhas é o Rei das Birras, acredita, sofro imenso, porque às tantas já não sei o que fazer. Não gosto de lhe dar palmadas, mas já me vi a levantar-lhe mão.

Beijinhos

Vera

Costinhas disse...

Espero que essas birras acabem rápido ou que encontres uma forma de lidar com elas...

Uma beijoca e paciência... carradas dela!

Carla Granja disse...

Pois, acredito que isso não seja nada fácil, mas tem que se tentar lidar com isso e há-de passar concerteza!

scaf disse...

B.!!!!!!!!!o Carrinho lá de cima já chegou ao 2! parabéns :)

Blog Archive