22.6.06

Bola

Lá em casa vê-se futebol, assina-se a Sportv e compram-se jornais desportivos ao fim-de-semana. Lá em casa há quem vá à bola ao domingo, de quinze em quinze dias. Lá em casa o dia não fica completo sem 5 minutos de bola. Lá em casa não há bandeiras há janelas mas há camisolas do clube em todos os tamanhos para homem, senhora e criança. Lá em casa aguarda-se com expectativa o terceiro aniversário que irá permitir que sejam dois a ir ao estádio. Lá em casa vibra-se e há até mesmo quem se aborreça, grite e se enerve quando os "gajos" não acertam a bota com a perdigota, ou seja, com a bola na baliza.

Lá em casa é assim e dito isto avanço.

Lá em casa gostávamos que os telejornais em todas as suas formas tivessem mais notícias "sérias". Lá em casa gostávamos que o dinheiro envolvido em grande acontecimentos como o Mundial de Futebol fosse mais bem repartido. Não acreditamos que o Irão vá rever a sua política de armamento nuclear depois de ter participado neste grande acontecimento, mas gostávamos. Não acreditamos que os lucros sejam aplicados na construção de estádios em países que não os têm e precisam, mas gostávamos. Lá em casa gostávamos que os atletas com deficiência estivessem nas primeiras páginas dos jornais desportivos. Gostávamos que acabassem com as palavras "vender" e "comprar" quando se referem aos jogadores. Lá em casa gostávamos que os dirigentes de futebol fossem pessoas mais honestas e educadas.

Lá em casa gostamos de futebol.

Contraditório?!

4 comentários:

scaf disse...

Eu gosto de futebol. Gosto de ver jogos no Estádio (ainda que por razões diversas, não o faça há muito). Gosto, pronto!
No Mundial irrita-me os adeptos de circunstância, que não ligam chavo ao futebol o resto do ano, que nem sabem quantos jogadores têm uma equipa, que acham que os árbitros assistentes são espectadores que invadiram o campo. E agora são muito patriotas, é bandeira em tu quanto é canto da casa, no carrro, na cara, no......mas na realidade passam a vida a dizer mal do país (não do futebol), se eles perderem já os insultam, e em todas as conversas de circunstância "portugal é uma miséria e até o Iraque é um país melhor do que o nosso"
Quanto ao post (sim, pq acho que me desviei um pouco), não acho nada contraditória. És adepta do futebol por aquilo que ele deveria ser: uma festa, alegria e uma forma de juntar uns amigos e partilhar aqueles 90 minutos de emoção. Se todos pensassem assim...era bom!

Maria disse...

Oi! Igual cá por casa só que já fez 3 anos e já são dois que vão ao estádio.. será ao mesmo?
First time no teu cantinho mas vou voltar..

Anónimo disse...

Completamente de acordo!!!

sm disse...

Absolutamente nada!

:-)
Sandra
PS Obrigada pelas melhoras!!

Blog Archive