22.1.09

Ai, tão giro! Olha que amoroso! Que riqueza! Olha que lindo!

Nem sei bem dizer o que sinto quando estas cenas acontece e acontecem muito mais do que eu pensava, embora já me tivessem avisado. Na rua o mais novo é sempre o centro das atenções. Eu acho que intuitivamente ou será instintivamente. Agarro na mão do mais velho e puxo-o para debaixo da asa. Ele anda ciumento. Muito mais do que ele mesmo percebe. Deu em gritar, ser malcriado, responder mal. Ao mesmo tempo pede colo, mimos e reclama tudo o que fazemos a mais ao outro e mesmo que não o façamos ele acha sempre que sim.

7 comentários:

Eu disse...

Crise idêntica cá por casa. O que já me está a incomodar mesmo são os modos com que fala: está mesmo mal educada!
E não está a ser fácil contornar a situação. Por mais atenção que lhe dê acha sempre que a mana tem mais...
(e a verdade verdadinha é que a mais nova está numa idade muito mais engraçada e tem imensaaaaa piada, conseguindo captar todas as atenções de quem está de fora). Bolas que isto não é nada fácil!

Cristina disse...

Está como a Leonor. Agora com a Mariana e a suas gracinhas. Nota-se o ciuminho...

Cristina

Mãe da malta disse...

Mais uma para o grupo, o M. (6anos) está um desafiador e sempre a queixar-se, exigente, se lhe damos a mão quer o braço e se damos o braço, enfim...

E sim, somos muito mais amigos do F. do que dele (pelas palavras dele)

Paula disse...

Põe-te na pele dele. Crescer não é fácil, provoca inseguranças e medos, a forma como olha para o mundo muda e acha que também muda a forma como olham para ele; deve ter dúvidas sobre o que esperam que ele faça ou seja, e os adultos nem sempre ajudam com comparações e comentários como os que referes...
Muita paciência mas sobretudo muito mimo...

Mar disse...

Sinto muito isso. Imenso. E então ela sendo menina...

É injusto e difícil de controlar, e a reacção deles é chata, porque acabamos a ter que lhes ralhar, quando o que precisavam era de mimo.

LP disse...

Isso passa e quando nasce o 3º, mesmo que um deles seja o centro das atenções, os outros já não notam nada.

Eu disse...

Fiquei bem mais descansada depois de ler a LP. Obrigada!
E aceitam-se mais contribuições de mães de 3, ou melhor, de 1+1+1! :)

Blog Archive